GAZETA DO NOROESTE MT

Mato Grosso ,

NOTÍCIAS / Golpes no noroeste

Delegado de Juína indicia estelionatários que aplicavam golpes no comércio com cheques falsos

Juína News    

26 de Abril de 2018 as 11:28

Divulgação

Junior Gonçalves Pereira, 34, e Lazaro José Carvalho, 57, foram levados a delegacia de polícia para averiguação

Dois homens que foram presos na cidade de Juína acusados de aplicar golpes nos comércios das cidades de Castanheira, Juruena e Cotriguaçu com cheques falsos acabaram sendo autuados em flagrante pela Polícia Civil no fim da manhã desta quarta-feira, dia 25.

Um dos homens foi identificado através de imagens de circuito interno de uma das empresas, onde ele comprou um aparelho celular com cheque falsificado. Investigadores da delegacia de Juína receberam informação de que eles estariam almoçando num restaurante de um posto de combustível da cidade. A equipe de policiais rapidamente foi ao local e fizeram abordagem, em revista pessoal, encontraram com um dos suspeitos dois documentos de RG com nomes diferentes, sendo um deles falsificado.

Junior Gonçalves Pereira, 34, e Lazaro José Carvalho, 57, foram levados a delegacia de polícia para averiguação, eles estavam num veículo Sandero Branco com placas de Goiânia - OMQ 1308. No interior do carro, foram encontrados uma pasta contendo dezenas de cheques, dinheiro, celulares e notas promissórias. O aparelho celular adquirido através do golpe em Juruena também foi apreendido. O estelionatário comprou o smartphone com um cheque de R$ 1.400,00 e ainda pegou R$ 330 de troco.

O delegado de polícia José Carlos Damian confirmou o flagrante dos dois homens que já haviam passado por Juína e retornavam da região, porém ao tentar aplicar golpe em Cotriguaçu, o comerciante desconfiou e acuados tiveram que sairem do município imediatamente.

Damian reiterou que, os estelionatários estavam em posse de materiais típicos de quem pratica este golpe, e que, boletins de ocorrências já haviam sido registrados em outras cidades em desfavor deles.

Junior e Lazaro deverão ser autuados por crime de estelionato e falsidade de documentos.

Cheques e materiais apreendidos

77 do banco Bradesco de diversos valores

32 do banco Itaú de diversos valores

03 blocos de talão de cheques ( sem folhas) Itaú

02 blocos de notas promissórias

Várias notas promissórias de vários valores

04 carnes das Casas Bahia

R$ 1.165,00 (com Lazaro)

R$ 629 (com Junior)

 











Comente Logo Abaixo




Nenhum comentário foi encontrado, sejá o primeiro a comentar esta notícia.

65 99628 5314

Rua Ramon Sanches Marques , nº 44 , Distrito São Joaquim
Tangará da Serra-MT CEP 78.300-000

Newsletter
       

Copyright© 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.