Baleia Azul: Curador desafia menina de 12 anos a pular de prédio e é identificado - GAZETA DO NOROESTE MT

A Notícia sempre no tempo certo e do seu jeito!




Cuiabá www.booked.net
+23...+35° C

02 de Maio de 2017 às 12:04

Baleia Azul: Curador desafia menina de 12 anos a pular de prédio e é identificado

Da Redação

Tweet

Imagem Ilustrativa

Uma menina de apenas 12 anos, moradora da Cohab São Gonçalo, localizado na periferia de Cuiabá, foi adicionada em um grupo do jogo

Um novo caso envolvendo o ‘Desafio da Baleia Azul’ foi identificado pela polícia. Uma menina de apenas 12 anos, moradora da Cohab São Gonçalo, localizado na periferia de Cuiabá, foi adicionada em um grupo do jogo. Desesperada, ela relatou o fato para o avô materno e a família resolveu registrar um Boletim de Ocorrências (BO), na última sexta-feira (28).

A menina contou que foi incluída em um grupo de WhatsApp, denominado ‘Blue Whale’ [Baleia Azul], cujo administrador se chama Guilherme. O celular utilizado pelo suspeito tem o DDD 65 e já foi identificado pelos policiais. Ele ainda teria enviado uma mensagem, de forma privada para a garota, com os 50 passos do desafio.

 O último passo, assim como nos outros casos, seria o suicídio. Nas ‘ordens’ do curador, a menina teria de pular de um prédio. No grupo, estão incluídas outras cinco pessoas, sendo que pelo menos uma delas é adolescente que estuda na mesma escola da vítima.

 O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica). A Gerência de Combate aos Crimes de Alta Tecnologia (Gecat) também cuida do caso.

Em Mato Grosso, na cidade de Vila Rica (a 1,2 mil km de Cuiabá), uma estudante de 16 anos cometeu suicídio ao completar a 50ª prova do desafio no início de abril. Com a repercussão do caso, dezenas de participantes foram constatados nas semanas seguintes e a Segurança Pública criou um grupo para investigar exclusivamente esses casos. Somente em Cuiabá, a Polícia Civil investiga dez casos de adolescentes e crianças participando do jogo. Um dos casos suspeitos é o de uma menina de 11 anos.

Comente Logo Abaixo

Vídeo: O pau cantou! Briga de repórter de TV

© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados. Gazeta Do Noroeste MT