INCRA e Ouvidoria Agrária Nacional estão em Colniza com o objetivo de realizar a titulação e regularização fundiária do município - GAZETA DO NOROESTE MT

A Notícia sempre no tempo certo e do seu jeito!




Cuiabá www.booked.net
+23...+35° C

04 de Maio de 2017 as 14:19

INCRA e Ouvidoria Agrária Nacional estão em Colniza com o objetivo de realizar a titulação e regularização fundiária do município

Da Redação

Tweet

Divulgação

O objetivo é regularizar todas as áreas devolutas, ou seja áreas pertencentes ao estado, para todos os agricultores que vem a anos aguardando por esse momento

Em relação aos conflitos agrários que causou várias mortes no município de Colniza (1.065 km de Cuiabá) O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Ouvidoria Agrária Nacional (OAN) enviaram equipes para Colniza, para identificar e definir ações para prevenir a violência no campo no município. Sendo que o Ouvidor Nacional Agrário Valdir Correia, o superintendente regional do INCRA no estado, João Bosco de Moraes, diretor do INTERMAT, Jeová Feliciano de Souza e o deputado estadual pelo PMDB em Mato Grosso, Silvano Amaral, se reuniram na tarde de ontem (03) com os vereadores, presidentes de associações, secretários e com o prefeito seu e seu vice.

Na oportunidade Ouvidor Nacional Agrário Valdir Correia explicou que estiveram na capital e se reuniram com o Secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas e com representantes da INTERMAT, IBAMA e SEMA, os quais formaram uma força tarefa com a missão de tratar uma política futura para essa região em relação ao conflito que ocorreu no município, sendo que o mesmo ressaltou que estarão indo até o local acompanhado com duas equipes uma do INTERMAT e uma do INCRA, com o objetivo de encontrar uma solução definitiva que é a questão da titulação e regularização que as famílias tanto almejam.

Para o superintendente regional do INCRA no estado, João Bosco de Moraes, uma das ações que serão tomadas é cobrar em Brasília para que o INCRA esteja presente no município não só provisoriamente mais sim de fato com a criação de uma unidade avançada para serem revistas as questões das titulações, regularizações entre outras demandas.

Em sua fala o diretor do INTERMAT, Jeová Feliciano de Souza, nos disse que todas as medidas serão tomadas no sentido de regularizar todas as áreas devolutas, ou seja áreas pertencentes ao estado, para todos os agricultores que vem a anos aguardando por esse momento que inclusive é uma recomendação do governador Pedro Taques, e do presidente da INTERMAT no sentido de unir esforços em regularizar todas as áreas que pertencem ao estado de Mato Grosso.

Na ocasião o presidente da casa de leis vereador Rodolfo Cesar Andrade Gonçalves (PSDB), e demais vereadores que também se faziam presente falaram sobre a necessidade da regularização fundiária no município. Ressaltando que é um problema antigo que deve ser olhado com carinho e ser sanado, sendo que é preciso elaborar políticas públicas que permitam que o homem do campo permaneça na zona rural, trabalhando em condições dignas com um maior incentivo ao pequeno e ao grande produtor rural.

Já o prefeito Esvandir Antônio Mendes, agradeceu a presença e união dos órgãos que se uniram em prol de resolver essa importante demanda e lamentou o ocorrido em Taquaruçu do Norte, ressaltando que esperava que esses avanços na regularização acontecessem em um momento de alegria e felicidades, e não devido a uma tragédia no município.

Comente Logo Abaixo

Vídeo: O pau cantou! Briga de repórter de TV

© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados. Gazeta Do Noroeste MT